A Universidade Positivo foi vendida ao grupo Cruzeiro do Sul Educacional

Divulgação/UP

 O negócio, que aguarda a aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para ser finalizado, foi anunciado oficialmente nesta quinta-feira (5).

Com mais de três décadas de atuação, a Universidade Positivo é referência em ensino superior no estado do Paraná e uma marca de reconhecimento nacional.

Atualmente, a Universidade Positivo possui 1.650 colaboradores e 33 mil alunos, destes 23 mil na modalidade presencial, distribuídos em oito campi: um em Londrina e sete em Curitiba.

Já a Cruzeiro do Sul Educacional é o quinto maior grupo de ensino do país. Com a aquisição, o grupo passa a atender cerca de 350 mil alunos e a contar com mais de 9.100 colaboradores, por meio de 17 instituições presenciais de educação básica e ensino superior.

“Com este acordo, encerramos um relevante movimento de redefinição do nosso portfólio, que ocorre com o objetivo de priorizar foco e investimentos nas nossas demais áreas de atuação, especialmente nas nossas frentes de Ensino Básico. Poderemos concentrar mais esforços em realizar novas aquisições e investir na qualidade de nossa rede de escolas”, explica Lucas Guimarães, presidente da Positivo Educacional.

A Cruzeiro do Sul também tem atuação nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraíba e Distrito Federal, além de estar disponível em todo o Brasil e também no Japão com cursos de EaD (Ensino a Distância). Com a aquisição da Universidade Positivo, o grupo passa a ter mais de mil polos educacionais no país.

“Em todas as IES que adquiriu até hoje, a Cruzeiro do Sul apresentou um histórico consistente de melhoria de performance acadêmica, segundo os indicadores do próprio MEC. A venda da UP foi uma decisão dificílima, mas dado o alinhamento de valores e a priorização da qualidade acadêmica, estamos confiantes de que a UP estará em boas mãos”, completa Guimarães.

De acordo com as avaliações do MEC (Ministério da Educação), diversos cursos da Universidade Positivo são destaques nacionais, como Direito, Administração, Arquitetura e Urbanismo e Ciências Biológicas.

“A Universidade Positivo é uma marca regional muito forte. Ela traz grande potencial de crescimento à Cruzeiro do Sul Educacional, inclusive no ensino a distância e na área médica”, afirma Fábio Ferreira Figueiredo, Diretor de Planejamento da Cruzeiro do Sul Educacional.

A integração da Universidade Positivo na Cruzeiro do Sul irá seguir a mesma estratégia de processos anteriores, com aquisição e expansão do EAD e também o incremento dos investimentos visando à contínua melhoria dos processos e à modernização da infraestrutura e dos recursos tecnológicos.

Fonte: Paraná Portal