Umuarama – Quinze escolas da rede estadual do Paraná vão ser exclusivamente de Educação em Tempo Integral (ETI) em 2020 e o Colégio Estadual Professora Prof Hilda Trautwein Kamal de Umuarama será uma delas

As matrículas para nova fase da escola já iniciaram e para o diretor Jeferson Trento a novidade é um ganho inestimável para comunidade escolar do município.

Segundo o diretor, a Educação Tempo Integral no Hilda Kamal vai promover um enriquecimento curricular, diversidade de disciplinas, melhorias na estrutura escolar, mais professores e uma educação qualificada para os alunos.

“Durante as nove horas do aluno na escola serão supridas todas as necessidades educacionais, qualificação, lazer e física do estudante. Serão quatro refeições, uma série de atividades recreativas, esportivas e culturais observadas pedagogicamente. Serão atividades que talvez o aluno não teria fora da escola”

Como funciona?

As escolas em tempo integral funcionarão em turno único. São nove aulas por dia, com uma hora de almoço e dois intervalos de 15 minutos, totalizando nove horas diárias de atividades e 45 horas semanais.

Além das disciplinas do Referencial Curricular do Paraná, serão ofertadas matérias eletivas aos estudantes, que buscam desenvolver as competências previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – conhecimento; pensamento científico, crítico e criativo; repertório cultural; comunicação; cultura digital; trabalho e projeto de vida; argumentação; autoconhecimento e autocuidado; empatia e cooperação; responsabilidade e cidadania.

A ideia é que as eletivas sejam modificadas a cada semestre e tenham abordagem interdisciplinar, desenvolvidas por diferentes professores. Ainda será dada ênfase as práticas experimentais em laboratório para as disciplinas de Química, Física, Matemática e Biologia.

O ementário das disciplinas do primeiro semestre de 2020 está em fase de revisão pelo Departamento de Desenvolvimento Curricular da Secretaria da Educação.

Para a chefe do Núcleo Regional de Educação de Umuarama (NRE), Gilmara Zanata, a iniciativa vem ao encontro da meta do Estado de ter, até 2025, 60% das matrículas nessa modalidade. “A Educação Integral propõe ao aluno assumir o papel de protagonista no processo de ensino e aprendizagem. O aluno será inserido no mundo do saber, orientado pelo olhar pedagógico”, disse.

Matrículas

Segundo diretor Jeferson Trento a secretaria do Colégio Estadual Hilda Kamal já está realizando a matrícula para os alunos e pais interessados em buscar a Educação de Tempo Integral. “Ainda esperamos a ementa das disciplinas, mas já estamos preparados para realizar as matrículas e todo corpo da escola vem se movimentando para fazer esse projeto acontecer da melhor forma”, disse

Fonte: Umuarama Ilustrado

Gestor de SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *