Yahyah Farroukh, de 21 anos, foi detido neste domingo (17) pela polícia

© Reuters

As autoridades inglesas informaram que o segundo suspeito detido pelo atentado terrorista contra a estação de metrô de Parsons Green é o jovem sírio Yahyah Farroukh, de 21 anos. Ele foi detido neste domingo (17), em Hounslow.

De acordo com a emissora SkyNews, Farroukh teria nascido em Damasco e mantinha contato com o casal Penelope e Ronald Jones, de 71 e 88 anos, respectivamente, do condado de Surrey. Eles são conhecidos por realizarem trabalhos sociais, como adoções de refugiados, e já receberam um prêmio das mãos da rainha Elizabeth II por isso.

Também está preso um rapaz de 18 anos que é apontado como o fabricante da bomba caseira usada no atentado. Ele é o principal suspeito do ataque e fora uma das crianças adotadas por Penelope e Ronald Jones. O ataque deixou ao menos 30 feridos na última sexta-feira (15) e foi comemorado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), apesar das autoridades de Londres não confirmarem a organização como autora do atentado.

Com o avanço das investigações e a prisão dos dois suspeitos, o Reino Unido reduziu de “crítico” para “grave” o nível de alerta terrorista no país.
Foto: ANSA

Gestor de SMS
Anuncie Aqui