Ex-jogador acertou filiação e deve se candidatar a senador pelo PEN, futuro Patriota, partido para o qual o deputado migrará no ano que vem

© REUTERS

Ronaldinho Gaúcho deve seguir os passos de Romário e iniciar, em 2018, carreira na política. Na quarta-feira (13), ele esteve reunido com o vice-presidente do PEN (futuro Patriota), Gutemberg Fonseca, para tratar de sua candidatura para o Senado pelo estado de Minas Gerais.

Segundo o jornal O Globo, o ex-jogador fará o anúncio de sua filiação ao Patriota durante a janela partidária de março, quando o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) deve fazer o mesmo.

Continua depois da publicidade



No encontro de ontem, Ronaldinho e Fonseca posaram para foto com o craque segurando um livro do presidenciável carioca.

Fonte: Gazeta Web