O músico Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., prometeu um novo disco para 2020

O rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., em sua primeira aparição pública após ser vítima de uma explosão que resultou na perda de parte de sua cabeça (Foto: Facebook)

O rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., fez sua primeira aparição pública após ser vítima de uma explosão de um laboratórios de drogas no qual estava presente. O artista de 35 anos compartilhou um vídeo em sua página pessoal no Facebook revelando as lesões decorrentes do ocorrido: ele perdeu parte de sua cabeça e ficou com várias queimaduras no rosto.

A explosão da qual Dr. Knarf foi vítima ocorreu no dia 6 de fevereiro de 2017 e ele havia se mantido distante do público desde então. Em sua primeira aparição ele contou que perdeu parte dos movimentos de um lado do corpo, mas disse estar confiante em sua recuperação e prometeu o lançamento de um novo álbum em 2020, com o título ‘Prometheus’.

O rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., antes do acidente que resultou na perda de parte de sua cabeça (Foto: Facebook)

‘Prometheus’ era a obra na qual Knarf vinha trabalhando na época do acidente e acabou sendo interrompida durante sua recuperação. Agora ele retomou seus trabalhos no disco e disse que pretende lança-lo no próximo ano.

A capa do novo disco do rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B. (Foto: Facebook)

“As queimaduras na pele não foram nada com o que veio depois”, diz Dr. Knarf no vídeo, revelando que teve um terço de seu corpo queimado. “Eu fiquei em coma durante três meses, período no qual sofri três AVCs. O meu cérebro inchou tanto que foi necessário que parte do meu crânio fosse removida”, explicou o músico.

O rapper alemão Dr. Knarf, também conhecido como Niko B., antes do acidente que resultou na perda de parte de sua cabeça (Foto: Facebook)

O laboratório no qual ocorreu a explosão que vitimou o músico estava instalado no estúdio que ficava no quintal da casa dele. O rapper explicou que a explosão foi fruto de uma combinação de alta concentração de extrato de cannabis com butano. No vídeo divulgado por Knarf, ele assume sua culpa pelo acidente.

Fonte: Revista Monet