Uma embalagem bonita demais pode criar uma expectativa errada – e acabar com o impacto de sua lembrancinha

(R_Koopmans/Getty Images)

Dar bons presentes é uma verdadeira arte. Claro, você sempre pode apostar em opções “coringas” – afinal, meias, toalhas e porta-retratos todo mundo usa. Mas se você quiser mesmo causar uma boa impressão, uma pesquisa sobre gostos e interesses do seu presenteado é sempre bem-vinda. E aqui entra um curioso estudo publicado recentemente na revista científica Journal of Consumer Psychology. Acredite, você não deve gastar seu tempo embrulhando perfeitamente o presente que comprou – isso pode criar uma expectativa errada nas pessoas.

Na verdade, os pesquisadores queriam testar uma velha lenda: que bons embrulhos compensam presentes meia-boca, e desde que a embalagem seja linda (decorada, com fita, etc) não importa o que está ali dentro. Mas, na verdade, os cientistas descobriram que é exatamente o oposto.

Para testar isso, o grupo pediu a voluntários do estudo que abrissem presentes embrulhados de diversas maneiras – seja com um embrulho bem chique ou de forma bem desleixada. Lá dentro, eles encontraram duas canecas de times de basquete diferentes: Miami Heat e Orlando Magic. Mas havia um detalhe: todos os participantes foram escolhidos a dedo por serem fãs do Miami Heat – ou seja, um presente seria perfeito, e o outro seria qualquer coisa.Veja também

Depois de abrir os presentes, os participantes avaliaram o quanto gostaram respondendo a cinco perguntas. E o resultado foi muito curioso: todos gostaram mais do presente quando o embrulho era mais simples, independente a caneca representar seu time do coração ou não.

Isso intrigou os pesquisadores. Será que a expectativa provocada pelo embrulho estava influenciando no quanto as pessoas gostaram do presente? Para averiguar, eles resolveram fazer outro teste: agora, os participantes só olharam diferentes presentes, embrulhados de uma maneira organizada ou desleixada. Em seguida, eles deveriam apresentar suas expectativas em relação ao presente, sem olhar o que havia dentro.

Após isso, foi revelado o que estava dentro das embalagens: um par de fones de ouvido da JVC – marca renomada de eletrônicos. Então, os voluntários precisaram avaliar se o presente correspondia às suas expectativas ou não.

Os resultados mostraram que as expectativas eram significativamente maiores para os presentes com bons embrulhos do que com os presentes simples, e que a reação ao ver presente eram bem mais contidas quando a embalagem era “chic”. Ou seja, era como se a pessoa já esperasse algo bom. Agora, se a embalagem era simples, a pessoa não esperava muito e saia bem mais feliz com o resultado.

Resumo da ópera: perca seu tempo com o conteúdo – e não se culpe se não conseguir comprar aquele laço de fita estilizado. É provável que ele só sirva para deixar a lembrancinha mais difícil de se abrir.

Fonte: Super Interessante

Gestor de SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *