A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi localizada em Toledo, no oeste do Paraná, está com 120 vagas abertas para o Programa de Aprendizagem 2020

O Grupo Prati-Donaduzzi possui 170 aprendizes (Foto: Thaís Nascimento)

Podem participar do processo seletivo jovens de 18 a 22 anos, que morem na região de Toledo e estejam cursando ou tenham concluído o Ensino Médio.

Os candidatos devem se inscrever até o dia 25 de outubro, utilizando duas opções. Através do site da empresa: www.pratidonaduzzi.com.br, clicando na aba carreira e em seguida cadastrar o currículo para o cargo de Jovem Aprendiz 2020. A outra opção é solicitar a inscrição enviando uma mensagem para o WhatsApp do setor de Recrutamento através do número (45) 99961-0022.

O programa tem duração de um ano e os selecionados começam as atividades em fevereiro de 2020. Eles poderão atuar tanto na Prati-Donaduzzi como também nas demais empresas que integram o Grupo, como Centralpack, NDS e Transportadora.

Junto com a remuneração mensal os Jovens Aprendizes que participam do programa recebem diversos benefícios da empresa como cursos oferecidos pela Universidade Corporativa (Uniprati), refeição, biblioteca, plano de saúde, seguro de vida e vale-alimentação.

DIFERENCIAIS – Segundo o analista de Gestão de Pessoas da Prati-Donaduzzi, Fernando Francisco do Nascimento, todos os anos a empresa recebe mais 800 candidatos e por isso a seleção acaba sendo bastante concorrida. Ele destaca que boa comunicação, postura pessoal e conhecimento de informática são alguns dos diferenciais avaliados pelo setor de Recrutamento da empresa.

“Os jovens permanecerão na empresa durante um ano. É uma grande oportunidade de aprendizado. Por se tratar de um programa de formação e qualificação, conforme o desempenho do aprendiz existe a possibilidade de contratação no final do programa. Cerca de 70% dos jovens que finalizaram o programa em julho de 2019, foram contratados”, afirmou.

“Sem dúvidas o jovem que passa pelo Programa de Aprendizagem tem muito ganho no seu currículo. É o primeiro passo para uma grande carreira profissional”, completou a coordenadora do programa, Bruna Gehrke.

O PROGRAMA – Paralela a jornada de trabalho, os jovens fazem um curso profissionalizante no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Eduarda Schlosser participou do programa em 2018 e após a conclusão foi contratada como Assistente Administrativo no setor de Saúde Ocupacional. “Nesse um ano como jovem na Prati-Donaduzzi cresci muito pessoal e profissionalmente. Agora, um dos meus objetivos é cursar Engenharia de Produção”.

Giovani Corso é um dos 170 aprendizes do Grupo Prati-Donaduzzi de 2019. O jovem aprendiz ingressou há dois meses no setor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). “Está sendo uma grande experiência e principalmente uma oportunidade, pois estou cursando Farmácia e pretendo seguir na área”.

Fonte: Jornal do Oeste

Gestor de SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *