Na madrugada desta terça-feira (15) por volta de 03h a atendente do Copom (Centro de Operações Militares) do 21º BPM recebeu uma ligação no telefone 190 de uma mãe informando que sua filha de 12 dias estava dormindo, quando vomitou e acabou se afogando.

A policial tentou passar orientações para a mãe realizar os procedimentos, mas a criança não reagiu. As equipes que estavam na rua foram até a residência na Rua Indianapolis, bairro Jardim Virginia, onde os policiais tentaram fazer os procedimentos para reanima-la, porém ela não voltou a respirar.

Uma das equipes, composta pelo policial Fabio e Stocco levaram a criança e a mãe a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O policial Stocco, que estava com a criança nos braços tentando reanima-la, entregou para o enfermeiro Marcos e o técnico de enfermagem Ivan Carlos de Deus. Ela foi colocada no oxigênio e em alguns segundos, voltou a respirar e chorou.

A cena causou grande comoção nos policiais que aguardavam com muita ansiedade do lado de fora da sala. O policial Stocco em entrevista a Rádio Educadora, disse que ao contrário do que muitos pensam “a Polícia Militar não sai para a rua para tirar vidas, a polícia sai pra rua para salvar vidas”. A ação salvou a vida desta criança.

A pequena Lauana mora com a mãe Marimar na casa da bisavó Delvina da Silva Genoato. Em entrevista a bisavó agradeceu a rápida ação dos policiais que salvaram a vida da bisneta. A criança já está em casa e passa bem.

Em ato heroico, policiais militares salvam criança de apenas 12 dias em Francisco Beltrãohttp://ppnewsfb.com.br/noticia/18075/em-ato-heroico-policiais-militares-salvam-criana-de-apenas-12-dias

Publicado por Plantão Policial em Terça-feira, 15 de agosto de 2017

Fonte: PPNews

Gestor de SMS