Segundo a polícia, o dono da propriedade foi notificado e deve responder por desmatamento ilegal; foram cortadas mais 700 árvores nativas

Polícia Ambiental encontra mais de 700 árvores nativas cortadas em Guarapuava (Foto: Divulgação/Polícia Ambiental)

Policiais ambientais localizaram uma área com mais de 17 hectares de área desmatada em uma propriedade no distrito de Palmeirinha, em Guarapuava, região central do Paraná.
A polícia informou que chegou até o local após denúncias anônimas, na terça-feira (24), e descobriu mais de 700 árvores nativas cortadas.
A Polícia Ambiental informou ainda que entre as árvores derrubadas estavam araucárias e imbuias, ameaçadas de extinção, e árvores nativas das espécies miguel pintado, carne-de-vaca, guamirim, canela e outras.
De acordo com a polícia, o dono da área foi notificado e o caso foi encaminhado ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP). O responsável, segundo a polícia, deve responder pelo crime ambiental de desmatamento.

Fonte: O Presente