Olhando a classificação do Brasileirão vejo o Internacional em uma surpreendente terceira colocação. Digo surpreendente porque analisando o time colorado só vejo jovens garotos com poucos experientes, como o goleiro Marcelo Lomba e o gringo D’Alessandro. Nomes como Victor Cuesta e Iago estão jogando o fino da bola. E acho isso bem legal. O problema é que agora a diretoria gaúcha acertou com o peruano Paolo Guerrero. E por mais que os caras neguem, entre luvas e salários vão pagar por ele cerca de R$ 800 mil mensais.

Não tem jeito, faz parte da natureza humana e no futebol não é diferente, ao desembarcar no Sul e começar a treinar ele vai ARREBENTAR com o bom clima no elenco do Inter. Quando algo começar a dar errado a boleirada vai jogar a responsabilidade nas costas do peruano. Afinal: “ele não ganha mais que todo mundo?”. Esse será o discurso interno. Obviamente que publicamente todos vão dizer que ele virá pra somar, que é um grande jogar de nível de Seleção e blá-blá-blá. Mas a verdade no vestiário o papo é outro.

Vejam bem, acho o Guerrero (de fato) um atacante diferenciado. Mas jamais que como dirigente contrataria um jogador por essa grana. Ainda mais para reforçar um time que já vem dando muito certo com pouco investimento. Um erro gravíssimo que pode – e vai – prejudicar o trabalho do ainda inexperiente técnico Odair Hellmann.

Quem avisa amigo é, hein???

Fonte:CraqueNeto10

1-1 PG ELETRIBEL
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional