PM à paisana é baleado em tentativa de assalto que terminou também com um bandido morto e outro ferido na Zona Sul de São Paulo

O soldado Henrique Augusto Costa Moreira, do 16º Batalhão, estava de folga e trabalhava como motorista para um serviço de transporte por aplicativo quando foi alvo

O soldado Henrique Augusto Costa Moreira, do 16º Batalhão, estava de folga e trabalhava como motorista para um serviço de transporte por aplicativo quando foi alvo dos criminosos no início da noite desta quinta-feira.

Ao volante de um HB20 branco, ele decidiu aceitar um chamado de dois passageiros no Shopping Campo Limpo, localizado na altura do número 459 da Estrada do Campo Limpo, na Vila Prel.

Ele foi até o local, onde os dois supostos passageiros embarcaram e, logo em seguida, um deles sacou uma arma e anunciou o assalto, sem saber que se tratava de um policial militar.
 O PM, que seguia pela Estrada de Itapecerica, entrou à direita na Rua Luciano Silva, na Vila das Belezas, parou o veículo e reagiu, sacando a pistola que carregava consigo e trocando tiros com os assaltantes.

Houve luta corporal e, na confusão, a arma do policial caiu no assoalho de carro.
 Um dos bandidos conseguiu pegá-la e atirar contra o soldado, antes de fugir, a pé, com o comparsa, ambos também feridos.

Atingido no tórax, o PM foi socorrido por moradores e encaminhado ao Hospital do Campo Limpo, onde, minutos depois, um dos ladrões também procurou atendimento.
 A PM foi acionada pela equipe médica e prendeu o suspeito.

Outra equipe de policiais passou a fazer buscas pelo bairro e acabou encontrando o segundo assaltante, que caminhava pela Rua Coronel Luis Schimidt.
 O suspeito, mesmo ferido, tentou correr enquanto atirava contra os militares.
 No revide, ele foi novamente baleado e morreu quando era socorrido.

A pistola calibre ponto 40 roubada do soldado Moreira foi recuperada.
O policial segue internado, mas está fora de perigo.

O caso foi comunicado ao delegado plantonista do 47º Distrito Policial, do Capão Redondo, e registrado no DHPP.

Fonte:JP