O fenômeno Perseidas teve seu ápice nesta madrugada e vai seguir até o dia 24 de agosto. É possível avistá-lo principalmente do hemisfério norte. Perseidas acontece todo ano, quando a órbita do planeta cruza com um conjunto de detritos do cometa Swift-Tuttle. Ao entrarem na atmosfera, esses detritos entram em combustão e formam fachos de luz.