Foto: Divulgação

Grupos de motoristas de aplicativos de transporte da Uber estão organizados para paralisar os serviços na quarta-feira (8) em Curitiba, outras cidades do país e do mundo. O objetivo da categoria é o mesmo: chamar atenção da empresa com relação as condições de trabalho e os valores recebidos ao fim de cada corrida. A Prefeitura aponta que 12 mil motoristas estão cadastrados no sistema de aplicativos de transporte compartilhado na capital.

A paralisação foi anunciada por grupos que se organizam por redes sociais. De acordo com presidente da União Nacional dos Motoristas de Aplicativos (UNMA), Adriano Orosco, a inflação e os aumentos de combustíveis estão encolhendo os lucros dos motoristas e as taxas da Uber, que no início eram fixas em 25% das corridas, hoje variam e podem chegar a 50% do valor recebido por cada viagem.

“Unificar todos os motoristas é quase impossível, mas a paralisação vai ter a maior adesão de todas que já tivemos em Curitiba. Os motoristas não estão satisfeitos, não estão tendo lucros, a empresa tem um descaso muito grande com os motoristas. A paralisação é um protesto em relação a tudo isso”, explica Adriano.

Além de cruzar os braços amanhã, os motoristas sairão em carreata a partir das 10 horas do Capanema em direção ao Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

“O que a gente quer é sentar e conversar com os aplicativos e eles não dão essa abertura. Quando começou, a tarifa era 25% da corrida mas a gasolina e o GNV eram menos do que é hoje e de lá pra cá tudo aumentou, mas a empresa não atualizou isso. Para o motorista, a situação se tornou inviável. No meio tempo disso, eles mudaram o contrato e ficaram isentos de qualquer problema que aconteça dentro do nosso carro e não se importam com a questão humana do negócio”, comenta o motorista.

A paralisação não deve afetar completamente o serviço do aplicativo na cidade mas pode influenciar diretamente na tarifa dinâmica dos preços cobrados amanhã, tendo em vista a diferença de oferta e demanda.

O Paraná Portal entrou em contato com a assessoria de imprensa da Uber no Brasil, mas até a publicação não houve resposta.

Venda de ações

A Uber vai iniciar negociações de ações da empresa na Bolsa de Nova York na próxima sexta-feira (10). Segundo levantamento da Exame, os papeis da empresa devem ser negociados a partir de 44 dólares, elevando o valor da Uber para 90 bilhões de dólares.

Fora do país, a categoria é organizada por sindicatos e a paralisação foi confirmada em cidades como Nova York, Chicago, Los Angeles, São Francisco, Londres, Glasgow e Birmingham. Eles pedem a segurança do emprego – com o fim do desligamento de motoristas da plataforma, fim do cálculo antecipado do preço das viagens, regulação da tarifa e que o motorista fique com pelo menos 80% do valor de cada corrida.

No Brasil, a estimativa é que a Uber tenha faturado cerca de R$ 3,8 bilhões.

Fonte: Paraná Portal

1-1 PG ELETRIBEL
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional