A mãe e o padrasto de uma adolescente de 13 anos, encontrada morta em São João do Triunfo, nos Campos Gerais do Paraná, em novembro do ano passado, foram presos na quarta-feira (31) suspeitos de envolvimento no crime.

De acordo com a Polícia Civil, as prisões são temporárias, por 30 dias, para evitar que os dois atrapalhem as investigações.

Continua depois da publicidade



O delegado Sadi Jorge Herculano Pereira informou que o padrasto intimidou testemunhas que ainda não foram ouvidas no inquérito.

Segundo a polícia, um laudo confirmou a morte por estrangulamento, mas não foi possível constatar se houve violência sexual, devido ao estado avançado de decomposição em que o corpo foi encontrado.

Relembre o caso
A adolescente Fernada Érica dos Santos saiu de casa no dia 30 de outubro de 2017 para ir a escola e não voltou, segundo a polícia. No mesmo dia, a mãe de Fernanda registrou boletim de ocorrência, informando o desaparecimento da garota.

Dois dias depois, ainda de acordo com a polícia, o corpo foi encontrado próximo à casa da família, com sinais de estrangulamento.

Fonte: G1