Especialista em se reinventar, a rainha do pop está constantemente mudando de visual e se mostrando à frente do tempo tanto na maneira de vestir quanto na forma de pensar. Aos 60 anos, seis filhos e morando em Lisboa, a diva mostra porque nunca perdeu a majestade e continua arrasando nos palcos e em eventos, quando adora causar com looks considerados extravagantes demais para sua idade...

Ontem (16 de agosto de 2018) a eterna rainha do pop completou 60 anos e já começou o dia nos lembrando disso. Leonina, a diva postou uma foto em sua conta de Instagram em que aparece com uma faixa na cabeça escrita “A Rainha” e cuja legenda completava “caso alguém tenha esquecido”. Ela também pediu aos fãs que façam, no seu aniversário, doações para seu fundo de arrecadações no Malaui. Em uma época repleta de musas do pop, das mais jovens às já veteranas, Madonna, que veio ao Rio no ano passado, reforça seu pioneirismo e mentalidade jovem ostentando uma carreira cheia de vitórias, polêmicas, frases e atitudes de impacto, sempre em prol da liberdade de expressão, da igualdade de gêneros e dos direitos humanos.

A MUSA É ESPECIALISTA EM SE REINVENTAR
Vivendo atualmente em Lisboa após ter morado em Nova York e Londres, a cantora cria seus seis filhos (dois biológicos e quatro adotados no Malaui) na capital portuguesa. Pouca gente sabe, mas além de cantora, a diva é também diretora e atriz de cinema. Entre seus trabalhos mais icônicos estão os clássicos contemporâneos “Evita” (1996), “Na Cama com Madonna” (1991), “Procura-se Susan Desesperadamente” (1985) e “Quem é essa Garota” (1987). Mas é por seu pop e por sua capacidade de se reinventar e ser pioneira quando o assunto é o espírito do tempo, as tendências de moda e a lucidez para ver o mundo, que a cantora mais e destaca.

ÍCONE FASHION E AMIGA DOS ESTILISTAS
É icônica, por exemplo, a parceria da musa com o designer francês Jean-Paul Gaultier. Foi Gaultier quem criou o figurino da turnê “Blond Ambition”, cujo sutiã em formato de cone é influência para as divas pop até hoje. Amigos pessoais, Madonna e Gaultier trabalharam juntos ao longo de quase toda a carreira da cantora e foi o designer quem criou o look da cantora para o último Met Gala, cujo tema era “Corpos Celestiais”. Madonna era amiga também de Gianni Versace e mantém um relacionamento próximo com Domenico e Stefano da Dolce & Gabbana, com Tom Ford, Ricardo Tisci, Nicholas Geschiere e Giorgio Armani, além de alguns dos fotógrafos e stylists de mais prestígio no universo fashion (ela é amiga de Giovanni Bianco, diretor criativo brasileiro que trabalha com Anitta e outros ícones fashion).

CAMALEOA FASHION, MADONNA JÁ PASSOU POR VÁRIAS FASES
Desde os anos 80 até hoje, Madonna vem passando por várias fases fashion que acompanham o espírito de seus álbuns em turnês. Entre as mais memoráveis (além do sutiã de cone) estão o momento em que a cantora se traveste de Marylin Monroe em “Material Girl”, quando ela desafia a igreja católica em “Like a Prayer” (1989), a fase Evita (1996) em que passou a adotar um visual mais clássico em função da personagem de Eva Perón, célebre primeira dama argentina. Pouco tempo depois, em 1998, a cantora lançou o disco “Ray of Light” e adotou um visual completamente diferente, com cabelos longos e negros e looks que beiram ao gótico. Depois disso a rainha do pop já foi cowgirl, diva das pistas em estilo retrô, fetichista… Escolha sua fase favorita da musa!

Fonte: Purepeople