Dudu, destaque do Palmeiras no Brasileirão 2018

Nesta quarta-feira (14), no Allianz Parque, Verdão pode igualar recorde de invencibilidade no Brasileiro de pontos corridos diante do Fluminense

O Palmeiras recebe o Fluminense nesta quarta-feira (14), às 21h45, no Allianz Parque, com a chance de igualar a maior invencibilidade da história do Campeonato Brasileiro disputado em pontos corridos, e na liderança, com cinco pontos de vantagem. Um cenário que comprova uma mudança de cenário gerada exatamente diante do mesmo adversário carioca, há 19 rodadas, quando a equipe perdeu pela última vez na competição.

Em 25 de julho, em uma atuação apática, o Verdão foi derrotado por 1 a 0 pelo Fluminense, no Maracanã. A diretoria decidiu demitir o técnico Roger Machado, logo no terceiro compromisso depois da parada do Brasileiro durante a Copa do Mundo, para apostar em Luiz Felipe Scolari. E uma temporada de intensa pressão passou a fazer o torcedor chegar a sonhar até com três títulos no ano.

Quando Roger saiu, o Palmeiras tinha como trunfo a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, mas estava em sexto lugar no Brasileiro, a oito pontos do então líder Flamengo, e tinha chegado às quartas de final da Copa do Brasil depois de sofrer para eliminar o América-MG. Com Felipão, a equipe foi semifinalista da Copa do Brasil e da Libertadores e assumiu a primeira posição do Brasileiro, mesmo usando seus principais jogadores quase que exclusivamente nas competições de mata-mata em agosto e setembro.

A melhora foi tão grande que a equipe acumula marcas no Brasileiro. Se não perder do Fluminense nesta quarta-feira, o time igualará os 19 jogos de invencibilidade do Corinthians no torneio do ano passado, recorde desde a edição de 2003. Se vencer, o Verdão ainda igualará totalmente a campanha imbatível do arquirrival, com 14 vitórias e cinco empates na sequência.

O Palmeiras, líder com 67 pontos e cinco acima do Inter, segundo colocado, ostenta ainda os melhores ataque (52 gols) e defesa (23 gols sofridos) no torneio. Para se ter ideia, dos 19 concorrentes, a equipe não derrotou apenas o Flamengo (empates por 1 a 1 nos dois turnos), o Fluminense e o América-MG (0 a 0 no primeiro turno, na estreia de Scolari).

O clube tem neste Brasileiro quatro derrotas, para Corinthians, Sport, Cruzeiro e Fluminense, todas com Roger no comando. Neste segundo turno, com Felipão, contudo, a equipe já devolveu o resultado diante de Corinthians, Sport e Cruzeiro, vencendo o trio, e falta apenas o Flu para essa ‘revanche’. Exatamente o rival desta quarta-feira. Uma chance de concluir uma completa reviravolta na temporada iniciada contra o Tricolor carioca.

Fonte: Lance

2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL