Piloto morreu ao tentar fazer um pouso forçado em um prédio de Nova York

Um helicóptero colidiu com um prédio em Nova York nesta segunda-feira (10). Segundo o governador do estado, Andrew Cuomo, o acidente ocorreu na Sétima Avenida em Manhattan. O Corpo de Bombeiros da cidade confirmou que o piloto morreu no acidente.

A colisão aconteceu após a aeronave tentar fazer um pouso forçado no topo de um prédio. Pessoas que estavam dentro do edifício relataram que sentiram a estrutura balançando depois do pouso, mas ninguém se feriu. Em comunicado à imprensa, o BNP Paribas, que tem escritórios no prédio, confirmou que os funcionários estão bem.

Uma porta-voz da Federal Aviation Administration, que supervisiona a aviação nos Estados Unidos, confirmou que o piloto era o único tripulante do helicóptero. Ela ainda afirmou que controladores aéreos não guiaram o voo.

Veja abaixo imagens da colisão:


O Departamento de Polícia de Nova York afirmou pelo Twitter que o fogo causado pela colisão foi controlado. Os policiais também pediram que as pessoas evitem a região.

A polícia ainda afirmou que já está fazendo uma investigação para apurar as causas do acidente. No momento do pouso forçado, a cidade estava sendo atingida por uma chuva forte. A visibilidade na região era de apenas 2 km, segundo a CNN.

O prefeito da cidade, Bill de Blasio, já recebeu informações sobre o acidente e está se dirigindo ao local da colisão, informou a assessoria de imprensa dele.

Fonte: Jovem Pan