Abatedouro com mais de 10 mil m² deve ser o maior do país, segundo a cooperativa. Presidente Michel Temer (PSDB) participou da cerimônia

(Foto: Beto Barata/PR)

O frigorífico inaugurado nesta sexta-feira (20) em Palotina, no oeste do Paraná, deve abater 75 mil tilápias por dia até o fim de 2018. Segundo a cooperativa C.Vale, o abatedouro com mais de 10 mil metros quadrados é o maior do país. A expectativa é que sejam gerados 450 empregos diretos.

A cerimônia que comemorou também os 20 anos do complexo agroindustrial contou com a participação do presidente Michel Temer (PMDB), do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e do governador Beto Richa (PSDB).



O projeto prevê a ampliação do abate para até 600 mil tilápias por dia. A marca deve ser garantida, explicou o presidente da cooperativa, Alfredo Lang, com o investimento em um sistema intensivo de produção. A iniciativa tem a parceria da Universidade de Pisa, na Itália.

“A tecnologia desenvolvida permite o alojamento de até 60 tilápias por metro quadrado de água, doze vezes a mais que no sistema tradicional”, comentou ao lembrar que o método será adotado na segunda fase do empreendimento por conta do alto consumo de energia elétrica que exige.

O governador Beto Richa destacou a importância de empreendimentos como o do frigorífico para o incentivo da produção agropecuária no estado, em especial por meio das cooperativas.

Já para o presidente Temer, o investimento feito pela cooperativa – de R$ 110 milhões – é um sinal da efetiva recuperação econômica do país. “Agora o Brasil voltou”, afirmou.
Por causa da previsão de chuva, o presidente não chegou a visitar o frigorífico e seguiu viagem de volta para Brasília (DF) logo após a inauguração.

Fonte: G1