Prêmio foi entregue pelo vice-governador Darci Piana aos agentes de crédito Luciana Dani e Itacir Rovaris, em Foz do Iguaçu, durante o Encontro Estadual de Agentes de Crédito e de Desenvolvimento, promovido em parceria pelas duas instituições

Foto: Luciano Patzsch – Fomento Paraná

O trabalho realizado pela equipe da Sala do Empreendedor da prefeitura de Francisco Beltrão no atendimento de empreendedores e contratação de operações de microcrédito recebeu o primeiro lugar geral no Prêmio Fomento Paraná e Sebrae/PR de Microcrédito 2019. A prêmio foi entregue pelo vice-governador Darci Piana aos agentes de crédito Luciana Dani e Itacir Rovaris, nesta quarta (30), em Foz do Iguaçu, durante o Encontro Estadual de Agentes de Crédito e de Desenvolvimento, promovido em parceria pelas duas instituições.

Piana, que é também presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, destacou o trabalho que vem sendo feito pelo Governo do Estado para apoiar as micro e pequenas empresas paranaenses. “O Sebrae está envolvido na capacitação, a Fomento Paraná está colocando o crédito à disposição e o governo vem aportando recursos em fundos para que isso seja realizado da melhor forma”, afirmou. “Não há desenvolvimento sem crédito e a capacitação é fundamental para uma boa aplicação do recurso. Vocês vão sair daqui melhores do que chegaram e vão produzir ainda mais”, disse o vice-governador.

O diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves, destacou a realização do encontro. “Trabalhar em parceria e aproximar cada vez mais as duas instituições, e agora também o BRDE, dos nossos agentes de crédito, que são o contato com os empreendedores do Paraná é o caminho”, afirmou. Neves assegurou que o encontro deve ser realizado novamente em 2020. “Com todo o trabalho pela busca de parceiros que está sendo feito, o próximo encontro será com rede ainda maior, quem sabe até com os 399 municípios.”

Para o diretor – superintendente do Sebrae Paraná, Vitor Tioqueta, o encontro de agentes de crédito e desenvolvimento é mais um resultado fantástico de uma parceria de muitos anos entre as instituições, o que mostra a importância de trabalhar o desenvolvimento e o crédito nos municípios.

“São agentes altamente motivados e que estão fazendo um trabalho muito bom em levar o crédito para os empreendedores, ao mesmo tempo pensando no desenvolvimento dos municípios e nas regiões”, destacou. “São duas coisas importantes para o desenvolvimento do Paraná, que é o pensamento da integração e do desenvolvimento dos municípios e a visão do crédito, que juntos tem feito um resultado muito bom”, afirmou.

RECONHECIMENTO – A agente de crédito Luciana Dani destacou o trabalho em equipe e o apoio da prefeitura municipal para o sucesso na premiação, pois a cidade também recebeu o primeiro lugar entre municípios com população entre 50 mil e 100 mil habitantes.

“Fico feliz e grata, principalmente pelo apoio da administração municipal, sem o qual os números não acontecem”, disse a agente. Ela valorizou o trabalho em equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. “A equipe nos ajuda muito, principalmente com a divulgação do microcrédito e das outras linhas da Fomento Paraná. E também é importante a parceria com o Sebrae e o curso do Bom Negócio, que ajudava a divulgar as linhas”.

Luciana valorizou também o empresariado local. “Esse prêmio é principal do nosso empreendedor. Nós acreditamos no pequeno empreendedor do município e é para ele que eu dedico toda essa premiação”, afirmou.

Colega de trabalho de Luciana, Itacir Rovaris, em maio próximo completa 20 anos trabalhando na mesma função, procurando ajudar os microempreendedores de Francisco Beltrão e do Sudoeste a realizar seus sonhos. “A premiação é sempre uma satisfação e um agradecimento, que vai também aos empreendedores, ao povo de Francisco Beltrão e aos colegas da Sala do Empreendedor, porque, sozinhos não se faz nada. Somos uma equipe. Por isso o sucesso aparece”, destaca Rovaris.

ARAPONGAS – Outra agente premiada foi Valquiria Pereira, de Arapongas, primeiro lugar entre municípios com população entre 101 mil e 200 mil habitantes. “Espero que a cidade reconheça, que estamos ajudando os empreendedores, gerando emprego e renda. A prefeitura nos apoia, a associação comercial também. A gente espera que os empreendedores apoiem, reconheçam e procurem mais, porque a Fomento Paraná está à disposição com o microcrédito”.

ENCONTRO – O Encontro Estadual de Agentes de Crédito e Desenvolvimento promove a capacitação e integração dos agentes de desenvolvimento municipal e de crédito, bem como correspondentes, evidenciando as melhores experiências, intercâmbio de boas práticas e propiciando a preparação desses profissionais em temas atualizados para melhor desempenho da sua função. A atuação dos agentes contribui diretamente na competitividade dos pequenos negócios.

EMPRESAS – As micro e pequenas empresas brasileiras são responsáveis por 27% do PIB nacional, o que demonstra a importância desses empreendimentos para o desenvolvimento da economia e da geração de emprego e renda. O agente de crédito é responsável por todo o atendimento inicial e análise da viabilidade de concessão de financiamento de crédito, além de identificar potencialidades regionais e orientar os empresários interessados em financiamento de maneira adequada e promissora.

O Agente de Desenvolvimento é o articulador do processo de desenvolvimento econômico municipal e, portanto, um parceiro estratégico para o universo dos pequenos negócios abrindo um canal de interlocução com as prefeituras e parceiros locais.

PRÊMIO — O Prêmio Fomento Paraná e Sebrae/PR de Microcrédito 2019 foi entregue aos agentes de crédito melhor classificados no Ranking Geral de Agentes. Desenvolvido a partir de um conjunto de critérios, o ranking verifica acesso ao sistema FomentoNet, participação nos eventos regionais, propostas com menor índice de retrabalho nas operações de microcrédito, interação com o sistema de concessão de crédito, entre outros quesitos.

A premiação deste ano apresenta as melhores performances de agentes na expansão do microcrédito no Paraná de acordo com categorias separadas por faixa de população, como fator de equilíbrio na comparação do desempenho entre os participantes.

No período analisado para a premiação, os agentes de crédito foram responsáveis pela contratação de aproximadamente R$ 60 milhões em mais de 5.100 contratos de microcrédito, que beneficiaram empreendimentos de 250 municípios paranaenses. O histórico contabilizado pela Fomento Paraná em operações de microcrédito realizadas desde 2011 registra mais de R$ 340 milhões em contratos que atenderam em torno de R$ 32,8 mil pequenos negócios da indústria, do comércio, do setor de serviços e também pequenos agricultores familiares.

Box
Confira os municípios  premiados por categoria
Até 10 mil habitantes

Alto Piquiri – Agência do Trabalhador
Sulina – Prefeitura
Cambira – Agência do Trabalhador
De 10 mil a 20 mil habitantes
Engenheiro Beltrão – Prefeitura
Mauá da Serra – Prefeitura
Turvo – Agência do Trabalhador
De 20 mil a 50 mil habitantes
Mandaguari – Prefeitura
Marialva – Agência do Trabalhador
Matinhos – Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico
De 50 mil a 100 mil habitantes
Francisco Beltrao – Banco Empreendedor
Cianorte – Agência do Trabalhador
Pato Branco – Agência do Trabalhador
De 100 mil a 200 mil habitantes
Arapongas – Secretaria da Indústria e Comércio
Pinhais – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico
Umuarama – Casa do Empreendedor
Acima de 200 mil habitantes
Ponta Grossa – Sala do Empreendedor
Foz do Iguaçu – Banco do Empreendedor
Maringá – Prefeitura.

Fonte: AEN

Gestor de SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *