Como manter o seu veículo em segurança? Como evitar ladrões e clonagem de chaves? O Aquela Máquina apurou que embrulhar a chave do seu automóvel em papel de alumínio é a solução. Simples, barata e, segundo especialistas em cibersegurança, muito eficaz.

O problema é que há cada vez mais ladrões a clonar chaves, que estão constantemente a emitir sinais para os automóveis. Isto faz com que seja possível comprar uma chave “virgem” e associar-lhe o código de acesso de um determinado automóvel.

Escusado será dizer que se a sua chave ainda for das antigas, não terá que se preocupar com isto. Mas se tiver uma chave inteligente, o melhor mesmo é não ignorar o problema.R

De acordo com Moshe Shlisel, CEO da GuardKnox Cyber Technologies, há três formas de evitar este risco. A primeira, e mais óbvia, é trancar o carro com a chave normal e a segunda passa por embrulhá-la em papel alumínio, para reduzir o sinal que elas emitem.

Além disto pode ainda comprar uma “bolsa de Faraday”, que tem a mesma capacidade isoladora do alumínio e serve de escudo contra estas tentativas de clonagem. A mesma tecnologia também já pode ser encontrada em carteiras, já que os cartões de crédito são outro dos alvos preferidos para esta técnica.

“Estamos a falar de uma forma de comunicação por ondas electromagnéticas, como rádio ou televisão. Pense numa música que passa constantemente na rádio e numa fechadura que se abre ao ouvir essa música. Se eu conheço a música, posso abrir a fechadura”, afirmou Moshe Shlisel, citado pela BBC News Mundo.

São vários os relatos de roubos de automóveis feitos com recurso a esta técnica e alguns foram registados por câmaras de vigilância. É o caso do exemplo abaixo, cujo vídeo mostra dois assaltantes a roubar um Mercedes à porta de uma casa em Solihull, em Inglaterra.

O roubo dura pouco mais de um minuto e impressiona pela facilidade com que é executado. Podemos ver um dos ladrões junto à casa, o mais perto possível da chave, com um dispositivo que capta o sinal emitido pela chave original e o envia para o outro assaltante, que tem um retransmissor junto ao carro.

Em poucos segundos o carro assume que a chave original está próxima, reconhece o sinal e desbloqueia. Simples e rápido. Este caso foi partilhado pelas autoridades locais para sensibilizar os condutores para este problema, que tinha sido evitado com um pedaço de papel de alumínio.

Fonte: Aquela Máquina

2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL