Segundo a especialista Sheila Leal é possível identificar possíveis transtornos ao acompanhar a rotina das crianças, mas, isso requer mais a presença dos pais na vida dos seus filhos

Durante o processo de aprendizado das crianças, elas acabam encontrando alguns desafios e isso é comum, elas acabam se deparando com dificuldades de aprendizagem em matérias fundamentais como o português e a matemática. Os pais, sem entenderem o real problema, porque são eles os responsáveis por acompanharem de perto o desempenho dos filhos, não sabem como lidar com essa situação.

De acordo com a psicopedagoga, especialista em desenvolvimento infantil e porta-voz do Projeto Filhos Brilhantes, Sheila Leal, a dificuldade com português e matemática são bastante comuns entre as crianças e também podem ser identificadas nas tarefas diárias.

Continua depois da publicidade



“Os pais devem ficar atentos e acompanhar ainda mais de perto. Não somente o desempenho escolar da criança, mas também seu dia a dia”.

Todo pai e mãe tem o dever de ser presente na vida dos filhos, acompanhar suas conquistas, como também identificar quais são as principais dificuldades, se esses pais cumprirem seus papéis, então conseguirão ajudar seus filhos.

Existem muitos problemas que afetam o aprendizado das crianças, dentre eles estão dislexia e a discalculia, a especialista Sheila Leal explica abaixo suas diferenças.

As dificuldades também podem ser resultado de transtornos de aprendizagem como a dislexia ou discalculia, eles não têm cura, porém, quanto mais cedo forem detectados, melhor podem ser trabalhados por meio dos estímulos corretos.

“Se os pais já identificaram uma dificuldade no aprendizado da criança, tanto na escola como nas tarefas diárias, é ideal buscar um diagnóstico completo junto a uma equipe multidisciplinar, que inclui fonoaudiólogo, psicopedagogo, neuropsicólogo e neuropediatra.”

Dislexia

A dislexia é a dificuldade de decodificar códigos escritos como representação de sons.

“Existem três tipos de dislexia, a auditiva, relacionada a percepção dos sons que dificulta diretamente a fala, a visual, que dificulta a visualização das palavras da forma correta e a mista, que apresenta características dos dois tipos”.

É importante ressaltar que a aquisição tardia da fala, dificuldades motoras e de memorização das cores, por exemplo, são elementos a serem observados até mesmo antes do processo de alfabetização.

“Perceber se a criança tem vergonha de ler em público, possui um vocabulário restrito e não se sente confortável em ir para a escola, são alguns sinais de que algo pode estar acontecendo”.

Continua depois da publicidade



Discalculia

Esse transtorno, associado à dislexia, pode ser identificado por dificuldades em entender os números e sequências.

“É possível observar a discalculia com tarefas simples do dia a dia, como separar objetos grandes dos pequenos ou perceber se seu filho consegue entender a sequência dos dias da semana ou mês”.

Para ambos os transtornos, Sheila lembra que é preciso um diagnóstico completo e adverte que os pais e familiares não devem rotular as crianças. “Ao fazer isso, o sentimento negativo é enraizado, afetando a autoestima e prejudicando ainda mais o processo de leitura e escrita”.

Fonte: Família

1-5 PG - Salão do Automóvel
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL