Segundo as autoridades locais, a criança de 5 anos vestia apenas meias e roupas leves e saiu da casa para procurar ajuda devido à falta de energia no local

Venetie, Alasca (Foto: Pexels)

Uma criança de 5 anos, vestindo apenas meias e roupas leves, carregou um bebê de 18 meses por cerca de 800 metros em temperaturas abaixo de zero, no Yukon Flats, no Alasca. Segundo informou comunicado do Departamento de Segurança Pública, a criança de 5 anos deixou a sua casa com o bebê porque se assustou com a falta de energia na região.  

No dia em que isso aconteceu, a temperatura estava -34ºC e, devido ao frio, as crianças tiveram ferimentos causados pelo gelo, mas passam bem. 

Para alcançar a comunidade remota de Venetie, que tem 166 habitantes e fica ao norte de Fairbanks, no interior do Alasca, os soldados tiveram que fretar um avião, segundo informou o The New York Times. “Levou 12 a 16 horas para eles realmente chegarem lá. Felizmente, estávamos confiantes de que as crianças estavam em boas mãos porque uma pessoa as recebeu e conversamos com ela pelo telefone”, disse o porta-voz, Ken Marsh.

Uma investigação foi instaurada e levou à prisão Julie Peter, 37, porque ela colocou em risco as crianças que estavam em casa sem a supervisão de adultos. Não ficou claro se ela era a mãe ou se as crianças estavam apenas sob os seus cidados. 

Venetie experimenta temperaturas extremas ao longo do ano, mas especialmente no inverno. De novembro a março, a temperatura geralmente cai abaixo de zero, e períodos prolongados de temperaturas com -21 e -45º C são comuns, de acordo com a Tanana Chiefs Conference, uma organização sem fins lucrativos que divulga a temperatura das 42 vilas do interior do Alasca.

Fonte: Revista Crescer