Cristofer aprovou a ideia do desenho (Foto: reprodução NSC TV)

Pacientes podem interagir com desenhos e se divertir enquanto recebem tratamento

Um ilustrador catarinense pintou as paredes da pediatria do Hospital Santo Antônio em Blumenau para alegrar a rotina dos pacientes. O trabalho voluntário foi feito em cinco dias com tintas doadas por empresas da cidade. Uma zebra, um elefante e um jacaré coloridos, usando belas roupas, passaram a estampar as paredes do espaço.

“A gente veio aqui para um outro projeto e, quando olhou para esse corredor, pensou em pintar o ambiente para tornar o lugar mais agradável e lúdico para as crianças”, contou o ilustrador Guilherme Karsten.

Continua depois da publicidade



A julgar pelo que pensa Cristofer Machado, de 5 anos, ao falar sobre os desenhos, pode-se dizer que o objetivo foi atingido.

“Eles [os animais da ilustração] estão caminhando em algum lugar, é a floresta, onde é a casa deles. Eles não usam roupas , eles pegaram de umas pessoas, que se assustaram e pegaram de volta”, disse o menino.

Ilustrações alegram a rotina dos pacientes (Foto: reprodução NSC TV)

Com os desenhos, as crianças podem não só criar histórias como interagir. Uma régua pintada na parede ajuda a criança a versificar a altura.

A paciente Jéssica Baumayer, de 4 anos, gostou da ideia. “É um tamanhinho, eu estou até aqui [mostra a marcação na parede]… baixinha um pouquinho”, disse.

Continua depois da publicidade



“Muitas vezes, a criança passa por procedimentos invasivos, sai fora da rotina. Então, esse colorido traz um pouquinho do mundo dela, faz com que ela se sinta mais confortável e a internação se torne mais agradável”, disse a psicóloga Stephanie Welinski.

Jessica se diverte interagindo com os desenhos (Foto: reprodução NSC TV)

A ilustração reservou um espaço para fotos e uma árvore de recados. O criador das imagens tem o emprego que é o sonho de muita gente na infância. Ele inventa histórias e desenha em livros, usa a fantasia pra ficar mais perto das crianças.

“O meu desejo era fazer com que isso aqui se tornasse não apenas algo para se olhar ou apreciar, mas para interagir, para botar a cabeça e simular uma peruca, para se medir, para deixar um recado na árvore. Eu adoro fazer isso, sou apaixonado pelo que faço”, disse Guilherme.

Fonte: NSC TV

Gestor de SMS