O eléctrico chinês NIO EP9 bateu este fim-de-semana o recorde para os veículos de produção na colina de Goodwood, depois de percorrer os quase 2 quilómetros de subida em apenas 44,61 segundos.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Este superdesportivo que faz parte do projecto NextEV deixou para trás a marca alcançada em 2016 por um McLaren P1 LM da Lanzante e que estava fixada em 47,07 segundos.

O domínio do NIO EP9 na lista dos automóveis de produção é mais do que óbvia, já que conseguiu retirar quase 3 segundos à antiga melhor marca. Porém, mais impressionante ainda foi o facto deste eléctrico se ter aproximado do recorde absoluto desta subida, 41,60 segundos, marca estabelecida pelo alemão Nick Heidfeld em 1999 ao volante de um McLaren MP4/13 F1.

A marca de Heidfeld continua até aos dias de hoje a liderar a tabela de tempos de Goodwood, e o mais certo é que continue no topo por vários anos. É que desde então os monolugares da F1 que participam neste evento não têm tempos oficiais cronometrados por motivos de segurança.

Contudo, nada disto apaga o mérito da volta deste NIO EP9, que no ano passado ficou a volta mais rápida de sempre em Nürburgring para um veículo com matrícula, completando os cerca de 20 quilómetros do traçado alemão em apenas 6 minutos e 45,90 segundos. Este tempo acabou por ser batido pouco depois pelo McLaren P1 LM da Lanzante, que cumpriu uma volta ao “The Ring” em 6 minutos e 43,22 segundos.

Recorde-se que o NIO EP9 é um modelo de produção muito limitada e que contará com apenas 16 unidades fabricadas. É alimentado por quatro motores eléctricos que garantem uma potência combinada de 1360 cv – e uns impressionantes 6334 Nm de binário! – e tem uma autonomia de 427 quilómetros.

Estes números permitem que este superdesportivo eléctrico chinês acelere dos 0 aos 100 km/h em 2,7 segundos, dos 0 aos 200 km/h em 7,1 segundos e que chegue aos 313 km/h de velocidade máxima. O preço de cada unidade ronda os 1,5 milhões de euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.