Segundo os chineses, as pressões e sanções contra Pyongyang "não podem resolver o problema"

© Reuters

O governo da China disse nesta terça-feira (29) que a crise na península coreana chegou a um “ponto de inflexão” após o disparo de um míssil pela Coreia do Norte sobre o território do Japão.

Em declaração, a China pediu moderação a todas as partes envolvidas no conflito e reiterou seu pedido por negociações de paz na região.

Segundo os chineses, as pressões e sanções contra Pyongyang “não podem resolver o problema”.

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil

Gestor de SMS