Depois de sete meses, os donos dos carros atingidos pelo desabamento de um muro no bairro Campo Comprido puderam acessar as carcaças dos veículos

Os dez carros e uma moto que foram soterrados no dia 7 de abril de 2019, após fortes chuvas, só começaram a ser retirados ontem (04) por causa de vistorias e avaliações necessárias para a definição do pagamento de indenizações aos proprietários.

Segundo a síndica do residencial, Marilene Casimiro da Silva, embora tenham esperado sete meses, os moradores comemoram o desfecho do caso.

A ideia, desde o início, era resolver tudo de forma extrajudicial, para tentar agilizar o processo.

Um acordo com o dono do terreno de onde veio a terra foi feito para indenizar os proprietários dos veículos atingidos.

Dessa forma, mesmo quem não tinha seguro do carro, pode ser ressarcido. Sem poder mexer nos veículos ou reformar a área atingida, durante a espera, a rotina dos moradores foi diretamente impactada.

Apesar dos grandes prejuízos materiais, o incidente não deixou feridos. Uma retroescavadeira está sendo usada para quebrar o muro e permitir o acesso aos carros.

As carcaças que estão sendo retiradas vão ser entregues aos moradores para que eles possam vender as peças que ainda podem ser reaproveitadas.

Fonte: Paraná Portal

Gestor de SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *