Câmara aprova empréstimo de R$ 420 milhões para obras de mobilidade urbana em Curitiba

Dinheiro deverá ser usado para a requalificação da Linha Direta Inter 2, que atende mais de 90 mil pessoas por dia, e para projetos executivos de obras como o novo Terminal Capão da Imbuia.

Projetos que autorizam empréstimos foram aprovados nesta terça-feira (27) — Foto: Amanda Menezes/RPC

Projetos que autorizam empréstimos foram aprovados nesta terça-feira (27)

Dois empréstimos que somam R$ 420 milhões foram aprovados por unanimidade nesta terça-feira (27), na Câmara de Curitiba. Conforme os projetos, o dinheiro que será usado para obras de mobilidade urbana será captado em dois bancos:

  • R$ 405 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID);
  • R$ 15 milhões com a Caixa Econômica Federal.

A autorização da Câmara é a etapa preliminar da negociação com o BID. Serão necessários os avais do Ministério da Economia e da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

Segundo a prefeitura, o empréstimo será para a requalificação da Linha Direta Inter 2, que atende mais de 90 mil pessoas por dia.

Com a Caixa, que tem rito mais simples para a contratação, o Executivo vai emprestar o dinheiro para a elaboração de diversos projetos executivos para futuras obras, como a construção do novo Terminal Capão da Imbuia, de estações-tubo na Linha Verde e obras no eixo da Conectora 3.

Fonte: G1

Gestor de SMS