A polícia londrina está a investigar o acidente que ocorreu esta manhã e está a tratá-lo como um ato de terrorismo

O acidente em Londres em que um carro embateu contra as barreiras de segurança no Parlamento de Londres está a ser tratado como um “ataque terrorista”.

O homem que rompeu a segurança foi detido pelas autoridades depois do incidente.

Uma reunião de emergência do Governo britânico com o comité Cobra está marcada para as 14 horas para analisar o que se passou esta manhã em Londres. Esta reunião costuma acontecer sempre que há um ato terrorista no Reino Unido, para se perceber, principalmente, se está em causa um ato isolado.

O balanço oficial de feridos foi atualizado para três, apenas um em estado grave, apesar de não correr risco de vida.

Durante a manhã, a secção antiterrorista da Scotland Yard assumiu a liderança da investigação do incidente em Westminter e está a tratá-lo como um “ato de terrorismo”.

A Polícia Metropolitana de Londres vedou toda a área à volta do Parlamento, tal como Millbank e os jardins de Victoria Tower estão vedados ao público. A estação de Westminster também foi encerrada para proceder à investigação.

Fonte: TSF