O ex-presidente Lula consolou os seus advogados após a sentença

© Reuters / Adriano Machado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado por unanimidade pelo TRF-4 e avaliação de aliados do ex-presidente é de que a derrota no julgamento deve impor o isolamento eleitoral ao PT, consolidando a pulverização de candidaturas de esquerda.

A decisão abateu os advogados do petista, que logo após a sentença, foram consolados por Lula, segundo informa a coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

Continua depois da publicidade



A previsão agora é de que legendas da esquerda devem atacar a “seletividade da Justiça” e também inflar nomes já postos como opção ao ex-presidente, como Ciro Gomes (PDT) e Manuela D’Ávila (PC do B).

Além disso, aliados do ex-presidente avaliaram que, ao transformar o caso em um embate entre a política e a Justiça, o PT deu um tiro no pé. A coluna destaca que, horas após a decisão, Lula pregou contra radicalismo e afirmou que é hora de “falar para o povo”.

No TRF-4, o julgamento do recurso a que Lula tem direito deve ser julgado em pouquíssimo tempo. Os advogados do petistas preveem recorrer a cortes superiores, principalmente para impedir sua prisão.

Enquanto isso, no plenário do STF há um movimento para se volte a discutir a ação que questiona o encarceramento após condenação em segunda instância até março.

Fonte: Ansa