Servidores tinha acabado de fazer treinamento físico em sua base quando foram acionados por mulher, que reside próximo ao local. Após realizar manobras por 2 minutos, eles conseguiram fazer criança voltar a respirar

Agentes prisionais são chamados por mãe desesperada e salvam bebê que havia se engasgado em Luziânia — Foto: DGAP/Divulgação

Agentes prisionais conseguiram salvar um bebê que havia se engasgado, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a mãe da criança mora próximo à base dos profissionais e correu desesperada para pedir ajuda assim que viu o filho sem respirar.

O caso aconteceu na última sexta-feira (29). Ainda de acordo com a DGAP, assim que foram acionados logo após terminarem o treinamento físico diário, os agentes correram até a casa da família para prestar o socorro.

Chegando ao local, eles relataram ter encontrado a criança já roxa e sem respirar. No mesmo instante, eles começaram a fazer as manobras necessárias e, em dois minutos, conseguiram fazer o bebê voltar a respirar.

A mãe da criança disse que ele se engasgou ao ingerir leite com achocolatado, o qual foi regurgitado. Em seguida, os servidores levaram mãe e filho ao hospital, onde ele recebeu atendimento e foi liberado em seguida.

Fonte: G1