Dois homens apontados como autores de um latrocínio em Xanxerê (SC) foram presos em Francisco Beltrão, Sudoeste do Estado, no sábado (30)

Cauan Sander Fernandes, 19 anos, e Willian Viccari Blaz, 21 anos, foram encontrados pela Polícia Militar por volta das 9 horas da manhã, nas proximidades da Rodoviária Municipal.

De acordo com o Aspirante Jesus, do 21º Batalhão, a dupla confessou o assassinato do taxista João Carlos Giroletti, 66 anos, na cidade catarinense. O crime ocorreu na madrugada de sexta-feira (29). Além de realizar a prisão, a Polícia Militar também conseguiu recuperar o Ford Fiesta de propriedade do taxista.

Continua depois da publicidade



O carro ficou sem combustível e foi abandonado numa lavoura que fica as margens da PR-280 em Renascença, a cerca de 20 Km de Francisco Beltrão. Em Xanxerê, também neste sábado, a polícia encontrou o corpo do taxista. Estava no meio de um matagal na comunidade de Faxinal do Irani, interior do município.

Uma equipe da Polícia Civil de Santa Catarina esteve em Francisco Beltrão e cumpriu mandado de prisão contra os acusados, que foram encaminhados para a delegacia para o interrogatório. Em seguida, Cauan e Willian foram levados para o Presídio Regional de Xanxerê, onde devem aguardar decisão da justiça.

De acordo com o delegado Maiko Frank Vivi, responsável pelo caso, o taxista foi morto com um tiro na cabeça. Os dois rapazes confessaram o crime e disseram que somente queriam o carro da vítima, porém tiveram que abandonar por falta de combustível. O crime aconteceu na madrugada de sexta-feira (29). O taxista João Carlos Giroletti, 66 anos, saiu de casa por volta das 3 horas da madrugada para fazer uma corrida e não retornou. A Polícia Civil não descarta o envolvimento de uma terceira pessoa no crime.

Fonte: RBJ

Gestor de SMS