São 12 dias de exibições de longas e curtas-metragens de 34 países

Foto: Divulgação

Balneário Camboriú recebe a partir desta quinta-feira (23) 7º Festival Internacional de Cinema, com programação até 4 de dezembro. Ao longo de 12 dias, vão ser exibidos mais de 70 longas e curtas-metragens enviados de 34 países. O evento também conta com palestras e cursos.

Os 16 longas e os 60 curtas-metragens vão ser exibidos na Cineramabc Arthouse, na rua São Paulo, 581-1, bairro Estados. Há sessões gratuitas e outra que custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Continua depois da publicidade



O inédito “Cine São Paulo” abre a programação, às 20h30, e o clássico “A Rosa Púrpura do Cairo” encerra o evento, a partir das 18h30.

Entre os filmes selecionados está “Espaço Negro”, uma ficção que recebeu prêmios na Europa e não tem nenhum diálogo durante todo o filme. Outros destaques são “Névoa”, “Ganha-Ganha, “Soldate Jeannette”, “Organismo” e “As Ondas”. A programação também conta com produções catarinenses.

Cursos e palestras

Serão cinco palestras e quatro cursos durante o festival. Para participar, é preciso enviar um e-mail para residencia@cineramabc.com, com nome completo, telefone, CPF ou CNPJ, citando as palestras e oficinas que tem interesse em cursar.

De acordo com a organização, as palestras são gratuitas e as oficinas custam a partir de R$ 50.

Palestras – das 19h às 20h30

  • 29/11: A ficção e a realidade no universo da realidade virtual. Vinicius Monteiro fala sobre os limites que existem na criação e concepção de universos da realidade virtual.
  • 30/11: A cidade no signo do audiovisual. Matheus Camilo fala sobre como a possibilidade do cinema reinventar a realidade e gerar imaginários sobre as coisas que vemos.
  • 01/12: Oportunidades e tendências no mercado da mídia e entretenimento. Cadu Sommagio expõe um panorama sobre as oportunidades e tendências do mercado audiovisual.
  • 02/12: Rec’n’Play – Cinema da vida real. O fotógrafo e diretor Guilherme Meneghelli conta sobre sua experiência com o projeto Rec’n’Play e como um autor audiovisual pode procurar novos caminhos para a realização e exibição de novos produtos audiovisuais.
  • 03/12: Cinema Indócil – A Produção Independente e Autoral. Luciana Siebert apresenta o processo de criação, desenvolvimento, produção e exibição das obras da Pogo Filmes.

Cursos – das 10h às 16h

  • 24 e 25/11: Direção de arte e composição da imagem
  • 26 e 27/11: A música e o som no audiovisual
  • 30/11 e 01/12: Storytelling e roteiro de cinema
  • 02 e 03/12: Mercado de distribuição e exibição no Brasil e no Mundo

Fonte: Festival BC

Gestor de SMS